logo

slogan

ufscar

Cadastre-se e receba as novidades sobre a Agência Inovação da UFSCar por e-mail
parceiros_top

failogopequeno

 

fortec

 

inpi

 

parceiros_bottom

Redes Sociais

face twitter youtube

Alface Romanela

Ter, 13 de Agosto de 2013 15:08

Romanela


No Brasil, há uma forte tendência dos consumidores para o uso de alfaces que apresentam folhas espessas, com vistas tanto a aumentar o rendimento, quanto o período pós-colheita durante o processamento e higienização das folhas. Pensando nisso, os pesquisadores Fernando César Sala e Cyro Paulino da Costa, do Centro de Ciências Agrárias (CCA) da UFSCar e Eduardo do Amaral desenvolveram na UFSCar a Romanela, uma nova tipologia da alface romana, que apresenta folhas tenras e limbo foliar liso, mas com duas características que a diferenciam das demais disponíveis no mercado: é crespa e crocante.

 


A Romanela é a primeira cultivar nacional no segmento das alfaces romanas que apresenta folhas de maior espessura, limbo foliar de margem ondulada e coloração verde clara. Como o consumo dessa variedade costuma ser insignificante no Brasil, o objetivo com o seu desenvolvimento é disponibilizar para a alfacicultura do país uma tipologia que possa alavancar o uso desse tipo de alface, visto que a Romanela possui o sabor adocicado das romanas e a crocância ideal para confecção de saladas gourmet, além de ser uma opção para formas diferenciadas de preparo, como folhas recheadas.

 


O processo de melhoramento adotado para o desenvolvimento da Romanela, que levou cerca de cinco anos, foi o de um processamento clássico, em que são realizados cruzamentos com diferentes tipos de alfaces já existentes no mercado, agregando as características desejadas. No caso da Romanela, foi feito o cruzamento da linhagem romana com a alface Brunela, criada anteriormente pelos mesmos pesquisadores e considerada sua “irmã mais velha”.

 


No momento, há o interesse dos melhoristas em realizar parcerias com produtores interessados no licenciamento não exclusivo da semente da Romanela, de forma a disponibilizar a inovação para o consumidor. Futuramente, o programa de melhoramento de alface do CCA visa desenvolver variedades tropicais que tenham, somado às características de crocância, a resistência a uma determinada anomalia.

 

 
free poker
logo_rodape
Agência de Inovação da UFSCar - Rodovia Washington Luís, km 235 - Caixa Postal 147 CEP: 13565-905
São Carlos, SP - Brasil - Tel: (16) 3351.9040 - inovacao@ufscar.brmaps
mapa