logo

slogan

ufscar

Cadastre-se e receba as novidades sobre a Agência Inovação da UFSCar por e-mail
parceiros_top

failogopequeno

 

fortec

 

inpi

 

parceiros_bottom

Redes Sociais

face twitter youtube

Complexos Metálicos de Naringina e Naringenina

Escrito por Tatiane Liberato   
Sex, 27 de Março de 2015 08:55

Atta TexanaCom a finalidade de controlar insetos pragas da agricultura urbanos, e da silvicultura com menor impacto ao meio ambiente e ao ser humano, e com custos semelhantes ou inferiores aos utilizados atualmente, os pesquisadores João Batista Fernandes, Maria Fátima das Graças Fernandes da Silva, Paulo Cezar Vieira, Rose Maria Carlos, Arlene Gonçalves Correa e Moacir Rossi Forim do Departamento de Química da UFSCar; Odair Correa Bueno e Fernando Carlos Pagnocca da UNESP; e os colaboradores Regina Maria Mendes Oliveira, André Lúcio Franceschini Sarria, Andréia Pereira Matos e Ana Paula Terezan desenvolveram a patente de invenção Complexos metálicos de naringina e naringenina e composições inseticidas para o controle de insetos pragas urbanos, da agricultura e silvicultura.


Os complexos de naringina e naringenina com metais têm ação sobre vários insetos, e funcionam contra pragas urbanas da agricultura e da silvicultura, com ênfase em formigas cortadeiras, Spodoptera frugiperda (lagartas-dos-cartuchos dos milhos) e Aedes aegypti (transmissor da dengue). Considerando a elevada potência destes complexos e o custo de produção semelhante aos atuais inseticidas que apresentam alto risco ao meio ambiente e ao homem, os pesquisadores se uniram para desenvolver complexos específicos para a área e que fossem, ao mesmo tempo, menos nocivos à natureza e à saúde humana.


Levando cerca de 24 meses para o desenvolvimento e ensaios em laboratório, o diferencial destes complexos é sua composição ecológica, cujas características são: maior biodegradabilidade, menor ação sobre o meio ambiente e como consequência ao ser humano, e dependendo do metal, pode estar sendo introduzido no campo, pois é essencial ao desenvolvimento da plantação. Além disso, por se tratar de um produto de fácil obtenção, tem baixo custo em relação aos produtos atuais no mercado.


Criado por um grupo de pesquisadores que atua desde 2009 na obtenção de compostos e complexos para este fim específico, o resultado desta patente é um produto que apresenta grande potencial para o combate de insetos e pragas urbanos na agricultura brasileira, representando um mercado aberto com perspectivas que interessem às empresas da área agrícola.


Segundo um dos inventores, João Batista Fernandes, os complexos estão praticamente disponíveis para serem comercializados, devendo se determinar as formulações mais adequadas para o campo e medir a toxicidade ao ser humano. Ele acredita que estas etapas devem ser desenvolvidas em conjunto com empresas interessadas na aplicação da invenção a fim de disponibilizá-la para a sociedade.

 

(Foto divulgação)

 

 
free poker
logo_rodape
Agência de Inovação da UFSCar - Rodovia Washington Luís, km 235 - Caixa Postal 147 CEP: 13565-905
São Carlos, SP - Brasil - Tel: (16) 3351.9040 - inovacao@ufscar.brmaps
mapa