logo

slogan

ufscar

Cadastre-se e receba as novidades sobre a Agência Inovação da UFSCar por e-mail
parceiros_top

failogopequeno

 

fortec

 

inpi

 

parceiros_bottom

Redes Sociais

face twitter youtube

GEIC – Gerenciador de Ensino Individualizado por Computador

Escrito por Tatiane Liberato   
Seg, 02 de Março de 2015 10:24

DSC 0028 reduzidaHá muitos anos um grupo de pesquisadores da UFSCar vem desenvolvendo programas individualizados para o ensino de leitura e escrita. Apesar de apresentarem ótimos resultados, esses procedimentos eram aplicados com o auxílio de pastas de papel ou de aplicativos simples de computador. Outro problema era a velocidade com que as sessões de ensino ocorriam, já que a aplicação geralmente acontecia aluno a aluno, sempre com a presença de um tutor. Considerando essas fragilidades, foi realizada uma parceria a fim de tornar esse processo mais eficiente e também ampliar e facilitar o compartilhamento destes programas. A ideia de unir essa metodologia com os avanços de computação, Internet e redes de alta velocidade foi de Deisy das Graças de Souza e Júlio César Coelho de Rose, docentes do Departamento de Psicologia, Cesar Augusto Camillo Teixeira, docente do Departamento de Computação, e de Alex Fernando Orlando e Rodrigo Estevan Bela, alunos do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação, dando origem ao software GEIC – Gerenciador de Ensino Individualizado por Computador.


O software possibilita a criação e gerenciamento de programas de ensino individualizados, monitoramento de alunos e administração dos projetos e das equipes de coordenadores, programadores de ensino, analistas de dados e tutores. Tudo isso gratuitamente, exigindo dos usuários apenas um navegador Web e conexão com a Internet.


O GEIC é semelhante à plataforma Moodle, amplamente utilizada pela comunidade da UFSCar, mas com características bastante peculiares. Segundo um dos criadores, Alex Orlando, o Moodle trabalha as atividades colaborativamente através de fóruns, onde os alunos participam de uma mesma disciplina e as avaliações são feitas posteriormente por seus professores. “No caso do GEIC, os módulos possibilitam o cadastro de alunos, tutores, programadores de ensino e coordenadores, criando um projeto e gerenciando-o completamente”. Além disso, trata-se de uma interface bastante visual, que registra o histórico detalhado de tudo o que o aluno fez, permitindo a análise de dados por blocos de alunos, classes ou cidades, por exemplo.


Os programas de ensino no GEIC são um pouco diferentes dos tradicionais conteúdos de leitura, pois são orientados para a aplicação de testes (tentativas), que vão ficando mais complicados conforme o ritmo do aluno, com mais opções de respostas e mesclando figuras, sons, vídeos e textos. “O GEIC trouxe para mais perto da computação teorias da Psicologia bastante fundamentadas e bem sucedidas, que envolvem sistemas personalizados de instrução e máquinas de ensino, tanto que os resultados de sua aplicação em algumas unidades da rede pública de ensino sempre se mostraram bastante positivos”, explicou Alex.


Outras parcerias acabaram ampliando o ideal do GEIC, que passou a ser empregado no ensino de outros conteúdos diferentes de leitura e escrita, tais como braile, matemática e línguas, além de ser utilizado para a condução de pesquisas, mesmo sem ensino envolvido. Ele também passou a ser utilizado em projetos voltados a pessoas com audição limitada, recém-submetidas a procedimentos cirúrgicos de implante coclear e que ainda possuem dificuldades em relacionar sons a palavras e figuras. Por conta disso a plataforma passou a ser usada também por pesquisadores de áreas distintas como fonoaudiologia e pedagogia.


O GEIC teve início em 2007 no âmbito do projeto “TIDIA-Ae: tecnologia da informação para o desenvolvimento da internet avançada - aprendizado eletrônico” (fase II), com financiamento da FAPESP e levou cerca de um ano para ter seu primeiro protótipo desenvolvido e instalado na UFSCar. Sua aplicação com crianças começou em 2008 nas escolas de São Carlos, ainda em caráter experimental e com o objetivo de gerar feedback aos pesquisadores e desenvolvedores do software. Finalmente, em 2009 ele começou a ser divulgado e adotado em várias escolas e instituições federais do Brasil e, desde então, vem amadurecendo. Atualmente, ele é desenvolvido sob a coordenação do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia sobre Comportamento, Cognição e Ensino (INCT-ECCE) e seu principal diferencial é que não há, até o momento, nenhuma plataforma para esse domínio disponível no mercado.


O GEIC é disponibilizado sob a licença de software livre GPL, o que permitirá que outros desenvolvedores de software possam customizar e aprimorar a plataforma, assim como instalá-la em outras instituições, tudo colaborativamente. As soluções anteriores ao GEIC eram em sua maior parte proprietárias, o que invariavelmente gerava problemas como impossibilidade de se fazer melhorias e perda do código-fonte (essencial para se efetuar mudanças). “Por isso buscamos agregar isso ao sistema: tornar as informações disponíveis de maneira que outros pesquisadores não precisem criar outros sistemas do zero, mas sim com recursos já existentes e que foram validados por outras pessoas”, ressaltou Alex.


Em termos de resultados, o GEIC instalado na UFSCar conta hoje com 54 projetos de ensino, pesquisa e extensão; foi ou é utilizado por cerca de 3.505 alunos espalhados em 161 escolas de 56 cidades; e possui 511 membros da equipe entre programadores de ensino, tutores etc. No total, a plataforma possui 77 programas de ensino.


Atualmente, o código-fonte do sistema é fornecido gratuitamente para parceiros, e em breve estará disponível em um repositório de acesso público. Os criadores seguem efetuando retoques no software e planejam finalizar documentos importantes como os termos de uso e o manual de usuário. Eles também planejam ampliar a infraestrutura de servidores e bancos de dados de forma a suportar a demanda crescente de usuários.


As informações completas podem ser obtidas diretamente no site oficial do projeto em www.geic.ufscar.br.

 
free poker
logo_rodape
Agência de Inovação da UFSCar - Rodovia Washington Luís, km 235 - Caixa Postal 147 CEP: 13565-905
São Carlos, SP - Brasil - Tel: (16) 3351.9040 - inovacao@ufscar.brmaps
mapa