logo

slogan

ufscar

Cadastre-se e receba as novidades sobre a Agência Inovação da UFSCar por e-mail
parceiros_top

failogopequeno

 

fortec

 

inpi

 

parceiros_bottom

Redes Sociais

face twitter youtube

Mais de 1,5 milhão de alunos do ensino fundamental farão provas da Obmep Nível A nesta terça

Ter, 30 de Outubro de 2018 11:36

Provas serão aplicadas a estudantes dos 4º e 5º anos de mais de 20 mil escolas públicas de 1,5 mil municípios brasileiros.

 

Nesta terça-feira (30), mais de 1,5 milhão de estudantes dos 4º e 5º anos do ensino fundamental farão a prova da 1ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas – Nível A (Obmep Nível A 2018). A expectativa é que alunos de mais de 20 mil escolas públicas de 1,5 mil municípios todo o país participem da avaliação, de acordo com o Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa). O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) é um dos apoiadores da iniciativa, juntamente com o Ministério da Educação (MEC) e a Sociedade Brasileira de Matemática (SBM).

 

Segundo o diretor-adjunto do Impa e coordenador-geral da Obmep, Claudio Landim, a criação dessa nova categoria se deu para reduzir o “gargalo” de ensino da matemática nos primeiros anos de formação escolar e para estimular as crianças a criarem uma identificação com a disciplina.

 

“Uma das razões para ampliarmos o alcance da Obmep é que o gargalo do ensino da matemática está nesse primeiro momento do ensino fundamental, no 4º e 5º anos. É importante estimular o ensino nesse segmento para despertar o interesse pela disciplina, e faremos isso com uma prova que seja intrigante e desafiante, uma brincadeira para mostrar que a matemática é divertida”, afirmou.

 

As provas contêm 20 questões elaboradas pelo Impa serão aplicadas em uma única fase pelas secretarias municipais parceiras da organização social credenciada pelo MCTIC.

 

Possibilidade de ampliação

 

Neste ano, apenas escolas públicas participam da Obmep Nível A. A partir de 2019, o Impa trabalha com a possibilidade de inclusão de unidades de ensino particulares, além de ampliar o número de cidades participantes.

 

“No final do ano, vamos fazer uma avaliação e, em função dela, verificar se é possível já incluir no ano que vem as escolas particulares e ampliar o número de participantes. Nossa preocupação não é criar uma competição, mas estimular as crianças a brincarem com a matemática”, destacou Landim.

 

Fonte: Portal MCTIC

 

 
free poker
logo_rodape
Agência de Inovação da UFSCar - Rodovia Washington Luís, km 235 - Caixa Postal 147 CEP: 13565-905
São Carlos, SP - Brasil - Tel: (16) 3351.9040 - inovacao@ufscar.brmaps
mapa