logo

slogan

ufscar

Cadastre-se e receba as novidades sobre a Agência Inovação da UFSCar por e-mail
parceiros_top

failogopequeno

 

fortec

 

inpi

 

parceiros_bottom

Redes Sociais

face twitter youtube

Primeira volta de elétrons no acelerador de partículas Sirius será em novembro

Seg, 01 de Outubro de 2018 10:45

Segundo Gilberto Kassab, liberação de R$ 70 milhões pelo governo federal garante a inauguração da fonte de luz síncrotron – o maior projeto da ciência brasileira, em construção no CNPEM.

 

A primeira volta de elétrons no acelerador de partículas Sirius vai ocorrer em novembro, afirmou nesta quinta-feira (27) em evento no Palácio do Planalto com o presidente Michel Temer o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab. Segundo ele, a liberação de R$ 70 milhões pelo governo federal vai permitir a compra dos equipamentos para o início do funcionamento da fonte de luz síncrotron – o maior projeto da ciência brasileira. O Sirius está em construção no Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), em Campinas (SP). Até hoje, o MCTIC já investiu cerca de R$ 1,3 bilhão no projeto, considerado a maior e mais complexa infraestrutura de pesquisa científica do país.

 

“Com essa liberação de R$ 70 milhões, já podemos marcar a data da inauguração para novembro, quando faremos uma grande festa da comunidade científica internacional. A inauguração do Sirius vai nos permitir, aqui no Brasil, obter avanços extraordinários em pesquisas. O Brasil estará na vanguarda das pesquisas internacionais”, disse o ministro após lançamento do programa "Cidades Inovadoras" no Palácio do Planalto.

 

Kassab lembrou que o governo federal colocou o Sirius como prioridade, assegurando recursos para o projeto. “Nós, nestes dois anos de gestão, investimos, sob orientação e definição do presidente, mais de R$ 1 bilhão para que pudéssemos chegar a esse momento.”

 

Os recursos foram liberados pela equipe econômica na última segunda-feira (24), garantindo a conclusão da primeira etapa das obras do Sirius. O acelerador de partículas vai colocar o Brasil na fronteira do conhecimento ao abrir novas perspectivas em áreas como ciência dos materiais, nanotecnologia, biotecnologia, física e ciências ambientais, além de contribuir para a internacionalização da ciência brasileira por meio do aumento da presença de estrangeiros entre os usuários. O Sirius, assim como o acelerador já operado pelo CNPEM, será uma instalação aberta à comunidade científica do Brasil e do exterior.

 

A disponibilização destes recursos viabilizará a conclusão das obras civis do prédio de 68 mil m2, a montagem total dos três aceleradores e a “volta de elétrons” em dois deles em novembro. Além da importância científica em si, o projeto se destaca por serem empreendidas obras de alta precisão.

 

No total, o projeto deve custar R$ 1,8 bilhão. Somente em 2018, já foram liberados R$ 352 milhões para a conclusão das obras civis e da montagem dos três aceleradores que compõem o Sirius. Com isso, todo equipamento será montado e dois dos três aceleradores já estarão recebendo feixe de elétrons. O terceiro e mais complexo acelerador receberá os elétrons quando a equipe técnica instalar um vácuo próximo ao encontrado no espaço dentro do túnel do acelerador - um processo altamente sofisticado e delicado.

 

“Trata-se um máquina de altíssima performance que colocará o Brasil na ponta da pesquisa científica”, ressaltou o presidente do Conselho de Administração do CNPEM, Rogério César de Cerqueira Leite.

 

“O Sirius é um projeto estruturante para o país”, acrescentou o diretor-geral do CNPEM, Antonio José Roque.

 

Evento

Nesta quarta-feira, o MCTIC com a Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep) lançou o programa "Cidades Inovadoras" para financiar atividades de inovação em prol do desenvolvimento sustentável das regiões brasileiras. Os recursos serão de até R$ 1 bilhão em dois anos. O anúncio contou com a presença de Temer, Kassab, do presidente substituto da Finep, Ronaldo Camargo, da diretoria da financiadora e de autoridades federais, estaduais e municipais.

 

Fonte: Portal MCTIC

 
free poker
logo_rodape
Agência de Inovação da UFSCar - Rodovia Washington Luís, km 235 - Caixa Postal 147 CEP: 13565-905
São Carlos, SP - Brasil - Tel: (16) 3351.9040 - inovacao@ufscar.brmaps
mapa