logo

slogan

ufscar

Cadastre-se e receba as novidades sobre a Agência Inovação da UFSCar por e-mail
parceiros_top

failogopequeno

 

fortec

 

inpi

 

parceiros_bottom

Redes Sociais

face twitter youtube

Campus Sorocaba da UFSCar recebe investimento de mais de R$ 6 mi para pesquisa

Seg, 17 de Setembro de 2018 14:35

Recurso da Finep para Universidade é destinado à construção de prédio para laboratórios

 

O Campus Sorocaba da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) contará, a partir deste ano, com mais um prédio destinado a um conjunto de laboratórios de pesquisa em diversas áreas do conhecimento e que deve abrigar cerca de 60 pesquisadores do Campus. A obra é fruto de um convênio celebrado entre a Fundação de Apoio Institucional ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FAI) da Universidade e a Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep), vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), que concede financiamentos a instituições de pesquisa e empresas brasileiras.

 

"Trata-se de um espaço importantíssimo para a consolidação da pesquisa no Campus Sorocaba, pois atenderá de forma direta pesquisadores das diferentes áreas do conhecimento: Ciências Humanas, Biológicas e Exatas congregadas nos nossos três centros acadêmicos", destaca Ismail Barra Nova de Melo, Diretor do Campus Sorocaba, referindo-se aos centros de Ciências e Tecnologias para a Sustentabilidade (CCTS), de Ciências Humanas e Biológicas (CCHB) e de Ciências em Gestão e Tecnologia (CCGT).

 

Os recursos para a realização das obras foram conquistados por meio de edital Finep/CT-Infra. "São 2.026 m² distribuídos em dois pavimentos, que chamamos de Finep 3-4, já que juntamos dois prédios em um", sintetiza Jorge Luis Santilli, Gerente de Engenharia da FAI, órgão que administra a verba da Finep destinada à UFSCar. A estrutura do prédio inclui salas para laboratórios de pesquisa, sanitários, copa e sala de equipamentos, além de outros ambientes. "O Campus Sorocaba já conta com outros dois edifícios financiados pela Finep: o de Laboratórios de Pesquisa Finep 1 (que fica no final do prédio dos Laboratórios Didáticos) e o de Laboratórios Finep 2 (localizado dentro do edifício ATLab)", descreve Suelen Cristiane Rodrigues, arquiteta da Divisão de Desenvolvimento Físico e Obras (DiDFO-So) da Prefeitura Universitária do Campus (PU-So).

 

O contrato para a execução da obra, no valor de R$ 3.790.880, foi assinado em dezembro de 2017 e os trabalhos tiveram início em janeiro deste ano. Uma etapa anterior da construção já havia sido executada no valor de R$ 2.288.577,36, em contrato assinado em novembro de 2013. Os dois contratos somam R$ 6.079.457,36. Os valores dos aditivos contratuais e supressões não impactaram no valor final, segundo Santilli, responsável pelo acompanhamento dos projetos executivos complementares (que incluem todos os projetos detalhados de estrutura, hidráulica e elétrica, combate a incêndio, entre outros). A previsão é de que o prédio seja entregue em dezembro para a administração do Campus.

 

"Quando do lançamento da chamada pela Finep, foram feitas diversas reuniões com os grupos de pesquisa de Sorocaba para definir quais iriam participar da proposta institucional que seria enviada à Finep; o mesmo ocorreu no Campus Araras", conta o Pró-Reitor Adjunto de Pesquisa da UFSCar, Ronaldo Censi Faria. "Dessa forma, os laboratórios previstos no edifício foram pensados e projetados com as condições para atender as demandas específicas de cada grupo", destaca Faria.
"Como a pesquisa não para, muitos pesquisadores estão atualmente alocados em laboratórios compartilhados, o que nem sempre é ideal. Com a conclusão das obras, ampliaremos o espaço físico para pesquisa do Campus de Sorocaba, beneficiando tanto os grupos que irão para as novas salas, quanto aqueles que ficarão onde estão, mas não terão mais que compartilhar a alocação. Essa reorganização com certeza irá alavancar a produção de conhecimento no Campus", afirma o Pró-Reitor Adjunto.

 

Desenvolvimento institucional

 

A construção do prédio Finep 3-4, afirma o Diretor do Campus, está em sintonia com as diretrizes específicas do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) da UFSCar referente à produção e disseminação do conhecimento, no sentido em que visa aprimorar e fortalecer as políticas institucionais de pesquisa, considerando os interesses e especificidades das diferentes áreas do conhecimento e grupos de pesquisa da Instituição.

 

"Os dez programas de pós-graduação existentes no Campus serão beneficiados com o pleno funcionamento desse novo espaço de pesquisa, pois, uma das variáveis de avaliação da Capes [Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior] é a publicação de artigos em periódicos qualificados que será amplamente favorecida com os estudos desenvolvidos nos diferentes laboratórios. Logo, possibilitará não só a consolidação dos programas como também sua maior inserção nos cenários local, regional, nacional e internacional", projeta o Diretor.

 

Para ele, o espaço também possibilitará o incremento das pesquisas cujos resultados serão disseminados nos catorze cursos de graduação do Campus Sorocaba, consequentemente, contribuindo para a melhoria do ensino. "Além disso, a pesquisa básica ou aplicada tem sua inserção social com enfoques diferentes, cada qual cumprindo seu papel e retornando à sociedade algum tipo de contribuição por meio da extensão", conclui Melo.

 

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social (CCS) UFSCar

 
free poker
logo_rodape
Agência de Inovação da UFSCar - Rodovia Washington Luís, km 235 - Caixa Postal 147 CEP: 13565-905
São Carlos, SP - Brasil - Tel: (16) 3351.9040 - inovacao@ufscar.brmaps
mapa