logo

slogan

ufscar

Cadastre-se e receba as novidades sobre a Agência Inovação da UFSCar por e-mail
parceiros_top

failogopequeno

 

fortec

 

inpi

 

parceiros_bottom

Redes Sociais

face twitter youtube

Sirius é destaque na reunião entre ministro e diretores de unidades de pesquisa

Qui, 26 de Julho de 2018 16:39

Encontro ocorreu durante a 70ª Reunião Anual da SBPC, em Maceió (AL)

 

Em reunião com representantes das unidades de pesquisa vinculadas ao MCTIC, o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações citou a construção do acelerador de partículas Sirius, no Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), em Campinas (SP) como exemplo da qualidade da ciência no país. A expectativa é que a primeira volta no acelerador do Laboratório Nacional de Luz Sincrotron (LNLS) seja feita ainda este ano. O encontro aconteceu durante a 70ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), em Maceió (AL).

 

“Só há mais um acelerador de partículas da classe do Sirius no mundo, e vamos poder superar esse equipamento com a tecnologia que teremos no Sirius. Isso mostra a capacidade da ciência brasileira”, afirmou o diretor do LNLS, Antônio José Roque da Silva.

 

Outro ponto discutido na reunião foi a interação entre os institutos de pesquisa, agências de fomento, empresas públicas e organizações sociais vinculados ao MCTIC. A ideia é que sejam construídos projetos comuns para dar maior capilaridade às ações.

 

O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) já vem buscando parcerias neste sentido. O diretor Osvaldo Moraes lembrou que o Cemaden contou com o apoio da Agência Espacial Brasileira (AEB) para a formulação de uma parceria com a Visiona Tecnologia Espacial – que tem participação da Telebras em seu capital – para a o desenvolvimento de soluções baseadas em sistemas e sensores de satélites de observação da Terra, coleta e transmissão de dados da rede observacional, utilizadas no monitoramento e emissão de alertas de risco de desastres, como deslizamentos e enxurradas.

 

“Essa interação foi muito importante para darmos um salto na nossa atribuição de monitoramento de desastres naturais no território brasileiro. É um caminho que adotamos e que certamente dará resultados muito expressivos. Vamos conseguir aliar as áreas de desastres naturais e de desenvolvimento de soluções aeroespaciais. É muito salutar que todos possamos seguir essa trilha”, disse.

 

Sessão de homenagem

 

Após o encontro, o ministro participou da sessão especial em comemoração aos 70 anos da SBPC. Em seu discurso, exaltou o trabalho feito pela entidade. “É uma satisfação poder compartilhar desse momento de comemoração pelos 70 anos da SBPC. São 70 anos de participação importante na rotina do nosso Brasil. Não apenas na ciência, mas na política, no modelo de desenvolvimento do Brasil. Temos que celebrar as conquistas da SBPC ao longo de sua história, seu trabalho incessante em prol da ciência brasileira.”

 

Fonte: Jornal da Ciência, 24/08/2018, com informações MCTIC

 
free poker
logo_rodape
Agência de Inovação da UFSCar - Rodovia Washington Luís, km 235 - Caixa Postal 147 CEP: 13565-905
São Carlos, SP - Brasil - Tel: (16) 3351.9040 - inovacao@ufscar.brmaps
mapa