logo

slogan

ufscar

Cadastre-se e receba as novidades sobre a Agência Inovação da UFSCar por e-mail
parceiros_top

failogopequeno

 

fortec

 

inpi

 

parceiros_bottom

Redes Sociais

face twitter youtube

Reitor do Iema dialoga no congresso ABIPTI sobre CT&I para superar a desigualdade no MA

Qui, 28 de Junho de 2018 17:58

O reitor do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema), Jhonatan Almada, participou na tarde desta quarta-feira (27), do II Painel do Congresso ABIPTI 2018 cuja temática foi a “Promoção da CT&I no Estado do Maranhão para superar desigualdades e gerar desenvolvimento”. O evento acontece até 29 de junho, em São Luís, no Rio Poty Hotel.

 

O objetivo do painel foi tratar das políticas de ciência, tecnologia e inovação (CT&I) do Governo do Estado do Maranhão, considerando os avanços promovidos pelo Governo Federal em relação ao Novo Marco Legal de CT&I, bem como a atual política do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), expressa na Estratégia Nacional de CT&I no período de 2016 a 2022.

 

O painel foi mediado pelo vice-presidente do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) e presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (Fapesq-PB), Claudio Benedito Silva Furtado. Além do reitor Almada, participaram do painel o Secretário de Ciência e Tecnologia do Maranhão, Davi Telles, a reitora da Uemasul, Elizabeth Fernandes e o presidente da FAPEMA, Alex Oliveira.

 

Na oportunidade, Almada destacou as contribuições do Iema por meio do investimento na educação para avançar no desenvolvimento do Maranhão. “A ideia do Iema é semear educação para o futuro tendo em vista que o nosso público prioritário é a juventude. O Instituto tem três vetores de contribuição, o primeiro deles é a educação profissional, o segundo é a educação científica e tecnológica e o terceiro e não menos importante é a educação integral”, destacou.

 

Ainda durante o painel, ele enfatizou o sucesso da Rede Iema exemplificando tal conquista através das 26 unidades educacionais em pleno funcionando que levam educação de qualidade para todas as regiões do Maranhão.

 

“Temos 26 cursos técnicos e 55 cursos de Formação Inicial Continuada distribuídos em 13 unidades vocacionais, em 2016 a educação profissional do Instituto atendia uma média de 3.486 alunos, o número deu um salto e este ano está na casa de 13.085, os participantes são pessoas adultos e idosas que buscam uma qualificação. O Centro de Educação Científica de Caxias é outro marco que atende crianças e adolescente que recebem oficinas na folga de suas aulas convencionais e melhoram seu desempenho escolar através da robótica, da física, da química e demais atividades lúdicas. E por fim, as 13 unidades plenas de ensino médio técnico de tempo integral com seu modelo de gestão e modelo pedagógico diferenciado, infraestrutura de qualidade, cursos inovadores e intercâmbio internacional atende 3.500 alunos maranhenses que têm oportunidade de concluir o ensino médio com uma formação técnica de qualidade”, enfatizou o reitor, finalizando suas contribuições afirmando que uma escola de excelência é possível.

 

O Secretário de Ciência e Tecnologia do Maranhão, Davi Telles frisou em seu depoimento que a ciência, tecnologia e inovação é um direito a ser implantado, assim como a saúde e educação. A reitora da Uemasul, Elizabeth Fernandes colaborou com o painel explicando a criação e desenvolvimento da universidade estadual na região tocantina do Estado . E por fim, o presidente da FAPEMA, Alex Oliveira explanou sobre os editais criados para o fomento à pesquisa, investimentos e expansão das bolsas de pós-graduação que acarretaram no aumento da produção de trabalhos científico locais para 20%, porcentagem que ficou acima da média do Brasil que é de 5%.

 

Fonte: Portal Agência ABIPTI, com informações Ascom do Iema

 
free poker
logo_rodape
Agência de Inovação da UFSCar - Rodovia Washington Luís, km 235 - Caixa Postal 147 CEP: 13565-905
São Carlos, SP - Brasil - Tel: (16) 3351.9040 - inovacao@ufscar.brmaps
mapa