logo

slogan

ufscar

Cadastre-se e receba as novidades sobre a Agência Inovação da UFSCar por e-mail
parceiros_top

failogopequeno

 

fortec

 

inpi

 

parceiros_bottom

Redes Sociais

face twitter youtube

Morre um dos principais teóricos da comunicação no Brasil

Sex, 22 de Junho de 2018 16:03

Em nota para o Jornal da Ciência, Federação Brasileira das Associações Científicas e Acadêmicas de Comunicação (Socicom) homenageia José Marques de Melo

 

Reconhecido como um dos principais teóricos da comunicação brasileira, José Marques de Melo faleceu nesta quarta-feira, 20, vítima de um infarto fulminante. Alagoano, natural de Palmeira dos Índios, formou-se em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco e em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade Federal do Estado. Em 1973, tornou-se o primeiro doutor em jornalismo no Brasil pela Universidade de São Paulo. Fez seu pós-doutorado nos Estados Unidos, onde realizou estudos com o respaldo acadêmico do Consórcio Universitário do Meio-Oeste (Mucia), integrado pelas universidades de Wisconsin, Minesotta, Indiana, Illinois e Michigan.

 

José Marques de Melo era um visionário, líder nato, um articulador aberto ao diálogo e incansável na defesa do campo da Comunicação. Idealizou e foi um dos fundadores da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom) em 1977, entidade que nasceu e se tornou a principal associação de pesquisadores em comunicação no País. Exerceu a presidência da entidade em três mandatos e era presidente de honra e do Conselho Curador. Foi um dos fundadores e o primeiro presidente da Federação Brasileira das Associações Científicas e Acadêmicas de Comunicação (Socicom). Colaborou com a criação da Rede Alfredo de Carvalho, hoje Rede Alcar (Associação Brasileira de Pesquisadores de História da Mídia). Inspirou intelectualmente redes nacionais como a União Cristã Brasileira de Comunicação e a Rede de Estudos e Pesquisa em Folkcomunicação (Rede Folkcom), e internacionais como a Federação Lusófona de Ciência da Comunicação (Lusocom) e a Associação Ibero-americana de Comunicação (Assibercom).

 

Ao longo de sua trajetória, recebeu diversas distinções como o Prêmio Wayne Danielson de Ciências da Comunicação (Universidade do Texas), a Medalha Rui Barbosa (Ministério da Cultura), Doutor Honoris Causa da Universidade Federal de Alagoas e Professor Emérito da ECA-USP. Colecionou muitos títulos, entre eles, livre-docente, professor catedrático de jornalismo e titular da Cátedra Unesco de Comunicação para o Desenvolvimento Regional.

 

Como jornalista trabalhou em jornais como Gazeta de Alagoas, Jornal de Alagoas, Jornal do Comercio, Última Hora, A Gazeta, O São Paulo, O Estado de São Paulo, A Folha de São Paulo e Correio Braziliense.

 

José Marques de Melo é reconhecido pela sua larga contribuição na consolidação da área de Comunicação. Contribuiu com a formação de centenas de profissionais, professores e pesquisadores da área. Deixou centenas de livros publicados, usados nas salas de aula dos cursos de Comunicação nas instituições de ensino.

 

Um dos seus inúmeros legados foi ter presidido a comissão de especialistas que construiu as Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de graduação em Jornalismo, em vigor desde 2013. O mérito do documento foi o resgate da essência do fazer jornalístico no processo de formação profissional, guiado por valores republicanos e princípios éticos essenciais ao exercício do direito de informar com equilíbrio e responsabilidade social.

 

O professor de 75 anos sofria de mal de Parkinson havia alguns anos. Foi enterrado nesta quinta-feira, 21, no Cemitério do Morumbi, em São Paulo.

 

Nélia Del Bianco, diretora de relações nacionais da SOCICOM

 

Fonte: Jornal da Ciência, 21/06/2018

 
free poker
logo_rodape
Agência de Inovação da UFSCar - Rodovia Washington Luís, km 235 - Caixa Postal 147 CEP: 13565-905
São Carlos, SP - Brasil - Tel: (16) 3351.9040 - inovacao@ufscar.brmaps
mapa