logo

slogan

ufscar

Cadastre-se e receba as novidades sobre a Agência Inovação da UFSCar por e-mail
parceiros_top

failogopequeno

 

fortec

 

inpi

 

parceiros_bottom

Redes Sociais

face twitter youtube

OCDE diz que falta estratégia coordenada para o ensino superior e a ciência em Portugal

Qua, 14 de Fevereiro de 2018 16:17

Em diagnóstico encomendado pelo governo português, a Organização defende “a adoção de uma Estratégia Nacional para o Conhecimento e a Inovação abrangendo e fornecendo uma clara orientação para a educação terciária, financiamento da pesquisa e inovação e das organizações motoras” do setor

 

A inexistência de uma estratégia única e abrangente, que permita canalizar os contributos do sistema de educação, investigação científica e inovação em Portugal para o desenvolvimento, é um dos principais problemas apontados no diagnóstico do país feito por peritos da OCDE, os quais defendem a “adoção de uma Estratégia Nacional para o Conhecimento e a Inovação abrangendo e fornecendo uma clara orientação para a educação terciária, financiamento da pesquisa e inovação e das organizações motoras” do setor.

 

Em entrevista ao DN, o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor – que pediu este relatório – relativiza o recado da organização internacional. Em vez disso valoriza outras recomendações, nomeadamente no sentido de se reforçar o investimento público na Ciência e Tecnologia em pelo menos mais cem milhões de euros anuais – com os privados a terem de quadruplicar os esforços -, promover melhores carreiras no superior, “onde continuamos a ter uma percentagem pequena de professores catedráticos e associados”, e “reforçar a aposta no ensino politécnico”, nomeadamente para garantir o aumento da qualificação das populações. Uma das fragilidades que a OCDE aponta ao país.

 

No entanto, no relatório, os peritos internacionais insistem que, embora indispensáveis, o reforços de verbas e a maior valorização de profissionais e instituições não “não contribuirá de forma consistente” para a inovação e o crescimento da produtividade sem mudanças de fundo. “Um compromisso de financiamento público desse nível deve estar associado às reformas que foram identificadas neste relatório”, alertam.

 

Leia na íntegra: Diário de Notícias de Lisboa

 

Fonte: Jornal da Ciência, 09/02/2018

 
free poker
logo_rodape
Agência de Inovação da UFSCar - Rodovia Washington Luís, km 235 - Caixa Postal 147 CEP: 13565-905
São Carlos, SP - Brasil - Tel: (16) 3351.9040 - inovacao@ufscar.brmaps
mapa