logo

slogan

ufscar

Cadastre-se e receba as novidades sobre a Agência Inovação da UFSCar por e-mail
parceiros_top

failogopequeno

 

fortec

 

inpi

 

parceiros_bottom

Redes Sociais

face twitter youtube

Evento discute os rumos da ciência no Brasil pós corte

Qui, 01 de Fevereiro de 2018 08:37

Debate reunirá a presidente de honra da SBPC, Helena Nader, o professor do Instituto de Física da USP, Paulo Artaxo, e Nina Mikolaschek, da Universidade Humboldt de Berlim, para discutir por que é importante para um país investir em ciência. O evento será amanhã, 1º de fevereiro, em São Paulo

 

“É o fim? Um debate sobre os rumos da ciência no Brasil. E inspirações de Berlim” norteará é o tema do debate que acontece amanhã, 1º de fevereiro, às 18h30, no espaço de eventos da livraria Fnac Paulista. Depois do ano tumultuado no Brasil – ainda sem uma perspectiva de alívio –, convidados de peso discutem por que é importante para o País investir em ciência. Para Helena Nader, que esteve por dez anos à frente da SBPC (Sociedade Brasileira para Progresso da Ciência) e participa do debate, esse investimento não é despesa. Pesquisadora da Unifesp, ela fala em impactos negativos da redução de recursos para pesquisa, que abalam a prosperidade econômica e social do Brasil.

 

Não falta só dinheiro. Falta estratégia. Essa é a crítica feita por Paulo Artaxo, pesquisador da USP, Universidade de São Paulo. Um dos cientistas brasileiros de maior prestígio internacional, Artaxo vê a diminuição da importância do Brasil no cenário mundial como uma das sequelas da perda de recursos.

 

Para que tenha defensores, a ciência não pode ficar restrita aos laboratórios. Esse é o trabalho que Herton Escobar, jornalista do Estadão e colaborador da Science, leva muito a sério, e que ele dará mais detalhes no debate. O jornalista é um dos organizadores da USP Talks, iniciativa que aproxima o público da universidade.

 

De Berlim, capital da Alemanha, um dos países que mais investem em pesquisas científicas, Nina Mikolaschek, da Humboldt-Universität zu Berlin, trará exemplos de como o investimento é considerado uma das prioridades. Berlim, que carregou por décadas o slogan “É pobre, mas é sexy”, tenta cumprir à risca um planejamento para se tornar a “cidade cérebro”, novo slogan a ser emplacado.

 

O evento será mediado pela jornalista Nádia Pontes, que organizou o debate como parte das atividades do Berlin Science Communication Award, concedido pela Humboldt-Universität zu Berlin e financiado pela Sociedade Alemã de Amparo à Pesquisa (DFG), com apoio do Ministério de Educação e Pesquisa da Alemanha (BMBF).

 

Serviço:

 

Evento: É o fim? Um debate sobre os rumos da ciência no Brasil. E inspirações de Berlim”

 

Data: Quinta-feira, 1º de fevereiro, 18h30

 

Local: Fnac Paulista – Av. Paulista, 901 – Bela Vista, São Paulo.

 

Entrada livre

 

Fonte: Jornal da Ciência, 31/01/2018

 
free poker
logo_rodape
Agência de Inovação da UFSCar - Rodovia Washington Luís, km 235 - Caixa Postal 147 CEP: 13565-905
São Carlos, SP - Brasil - Tel: (16) 3351.9040 - inovacao@ufscar.brmaps
mapa