logo

slogan

ufscar

Cadastre-se e receba as novidades sobre a Agência Inovação da UFSCar por e-mail
parceiros_top

failogopequeno

 

fortec

 

inpi

 

parceiros_bottom

Redes Sociais

face twitter youtube

Não é inteligente cortar verbas de ciência e tecnologia

Sex, 25 de Agosto de 2017 08:23

"Um país que queira dar um verdadeiro salto de desenvolvimento econômico só conseguirá fazê-lo com pesados investimentos na educação superior, em ciência, tecnologia e inovação", afirma Ricardo Marcelo Fonseca, reitor da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em artigo para a Gazeta do Povo

 

Assim como acontece na discussão de quase todos os grandes temas que afetam hoje o Brasil (seja em tribunas públicas, na imprensa ou até em grupos de WhatsApp), atualmente existe um crepitar nervoso, passional e um tanto desfocado no debate sobre o papel das universidades públicas e, relacionado a isso, sobre a nossa produção da ciência e tecnologia. Esses debates são naturalmente ligados entre si na medida em que no nosso país a produção do conhecimento, ao contrário de alguns outros lugares (que dispõem de seus Instituts, Écoles, ou o que seja), está concentrada nas universidades: no Brasil, elas são o grande protagonista da produção de saberes, da ciência e da tecnologia. E, apesar de 87,4% das instituições de ensino superior serem privadas (segundo dados do Censo da Educação Superior de 2014), é nas universidades públicas que encontramos mais de 90% da produção do conhecimento no Brasil. Certamente é por isso, entre outras razões, que no Ranking Universitário da Folha (RUF) de 2016 as 20 melhores universidades do Brasil, sem exceção, são públicas. Quero dizer com isso que é necessário e até urgente discutir, com serenidade e bom senso, o papel da ciência e tecnologia no nosso país – o que vai nos remeter inevitavelmente para o debate sobre as universidades públicas.

 

Mas aqui deixo de discutir a ideia (despropositada, a meu ver), desenterrada recentemente, de acabar com a gratuidade das universidades; e deixo também de enfrentar o tema (complexo e muito necessário) da melhora de sua eficiência, de seu alcance e do seu papel social, para concentrar-me na conveniência ou não, no nosso atual momento, do corte de investimentos públicos na ciência e na tecnologia.

 

Leia na íntegra: Gazeta do Povo

 

Fonte: Jornal da Ciência, 24/08/2017

 
free poker
logo_rodape
Agência de Inovação da UFSCar - Rodovia Washington Luís, km 235 - Caixa Postal 147 CEP: 13565-905
São Carlos, SP - Brasil - Tel: (16) 3351.9040 - inovacao@ufscar.brmaps
mapa