logo

slogan

ufscar

Cadastre-se e receba as novidades sobre a Agência Inovação da UFSCar por e-mail
parceiros_top

failogopequeno

 

fortec

 

inpi

 

parceiros_bottom

Redes Sociais

face twitter youtube

Oportunidades para universidades públicas e particulares e para pesquisadores seniores e em início de carreira

Sex, 26 de Maio de 2017 10:27

Researcher Conenct e Researcher Links são parcerias entre fundações de amparo à pesquisa brasileiras e o British Council, por meio do Fundo Newton, para promover cursos de comunicação científica e workshops sobre temas diversos em instituições brasileiras com participação de pesquisadores do Reino Unido

 

Professores, representantes de Pró-Reitorias de Pesquisa, Pró-Reitorias de Pós-Graduação e Departamentos ou Programas de Pós-Graduação de instituições de pesquisa ou Ensino Superior (públicas e privadas) têm até o dia 11 de junho para candidatar sua instituição como sede de um curso de comunicação científica para pesquisadores. As despesas serão financiadas pelas Fundações de Amparo à Pesquisa dos Estados que aderiram à Chamada Researcher Connect, promovida pelo Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) e British Council, por meio do Fundo Newton.

 

Fazem parte desta Chamada as Fundações dos Estados de Alagoas (Fapeal), Distrito Federal (FAPDF), Espírito Santo (Fapes), Goiás (Fapeg), Maranhão (Fapema), Mato Grosso do Sul (Fundect), Minas Gerais (Fapemig), Pará (Fapespa), Paraíba (Fapesq), Paraná (Fundação Araucária), Pernambuco (Facepe), Piauí (Fapepi), São Paulo (Fapesp), Santa Catarina (Fapesc), Sergipe (Fapitec) e Tocantins (Fapt). Os cursos serão ministrados em inglês e deverão ser realizados de 1º de agosto de 2017 a 16 de março de 2018.

 

Pela FAP será disponibilizado o valor entre R$ 10 mil e R$ 12,5 mil por curso, que pode ser utilizado nas despesas de hospedagem dos treinadores, alimentação para os treinadores, passagem doméstica para treinadores brasileiros, sessões de coffee-break, passagem internacional de treinadores do Reino Unido (caso haja mais de um workshop no mesmo estado), custos relativos à participação de representantes do British Council, papelaria e impressão de materiais e aluguel de equipamentos. A contrapartida do British Council/Newton Fund se dará em rubricas para o honorário dos treinadores, passagem internacional de treinadores do Reino Unido (caso haja apenas um workshop no estado) e itens não financiáveis pela respectiva FAP. É recomendável que os coordenadores dos cursos consultem a lista de itens elegíveis em seu estado disponibilizado pela respectiva FAP.

 

Submissão de propostas

 

Cada candidato, representando sua instituição, deve submeter uma proposta para que esta sedie um curso que treinará no mínimo 20 pesquisadores de qualquer disciplina ou área multidisciplinar. processo de seleção focará no desenvolvimento de habilidades em comunicação em áreas relevantes ao desenvolvimento econômico e social incluindo Ciências Naturais, Ciências Sociais, Artes e Humanidades.

 

Os candidatos devem submeter o formulário online de inscrição, que requer uma breve explicação dos pesquisadores de como sua pesquisa relaciona os objetivos de desenvolvimento econômico e social em benefícios convertidos a populações vulneráveis. O formulário deve ser preenchido online – submissões via e-mail não serão aceitas. Os candidatos devem obter autorização de sua respectiva instituição para realizar a inscrição e a mesma será exigida no momento de preenchimento do formulário online. Candidatos do Estado de São Paulo devem seguir as diretrizes específicas da Fapesp disponíveis em http://www.fapesp.br.

 

As instituições selecionadas nesta chamada serão responsáveis pelo planejamento e organização do curso, apoiados pelas diretrizes do British Council. A não disponibilidade de salas ou equipamentos necessários – especificados nos Guidelines enviados ao coordenador de curso – para a realização do curso acarretará da exclusão da instituição da chamada. Após o processo de seleção das instituições, os coordenadores de curso serão responsáveis pela seleção de participantes, sob a orientação do British Council e critérios de elegibilidade expressos no edital.

 

Opções de curso

 

A opção de curso será feita pelo coordenador do curso, uma vez que seja finalizada a avaliação do edital. As opções de curso disponíveis são:

 

Tipo 1 – Focus on writing (A): Foundation Module; Effective Emails; Abstracts; Persuasive Proposals (first half); Persuasive Proposals (second half); Final Module / Group Project.

 

Tipo 2 – Focus on writing (B): Foundation Module; Abstracts; Writing Module(first half); Writing Module (second half); Academic Collaboration (first half); Academic Collaboration (second half).

 

Tipo 3 – Focus on collaborative research and funding: Foundation Module; Abstracts; Persuasive Proposals (first half); Persuasive Proposals (second half); Academic Collaboration (first half); Academic Collaboration (second half).

 

Tipo 4 – Focus on core academic skills: Foundation Module; Abstracts; Persuasive Proposals (first half); Persuasive Proposals (second half); Presenting with Impact (first half); Presenting with Impact (second half).

 

Sobre o Researcher Connect

 

O Researcher Connect é destinado a prover apoio financeiro para cursos que possam contribuir para a capacitação de pesquisadores em escala nacional. Pesquisa e inovação são essenciais para construir economias fortes e prósperas – pesquisadores (as) talentosos (as), aptos (as) a divulgar seus trabalhos em diferentes níveis, são de extrema importância para esse objetivo. Quando se trata de pesquisa acadêmica individual, a necessidade de publicar descobertas é fundamental. Apenas quando revisada por colegas e validada pela comunidade científica, uma pesquisa pode ser verdadeiramente considerada para contribuir na construção de conhecimento.

 

Existe, ainda, a necessidade de comunicar descobertas de pesquisa além da comunidade científica, de forma a utilizar seus resultados para justificar o uso de recursos públicos para financiamento de novas atividades de pesquisa. Oferecer ferramentas para aprimorar habilidades de comunicação de pesquisadores pode ter um efeito benéfico não apenas nas performances e carreiras individuais, mas também na instituição onde os trabalhos são desenvolvidos e na sociedade como um todo, através do aumento do alcance e do impacto de suas pesquisas. Este é o motor por trás do desenvolvimento dos cursos do Researcher Connect.

 

Para pesquisadores seniores e em início de carreira

 

Pesquisadores seniores, vinculados a instituições, centros de pesquisa ou universidades brasileiras, públicas e privadas, interessados em parcerias com o Reino Unido, podem inscrever propostas até o dia 13 de junho para a Chamada de realização de workshops científicos no Brasil, Researcher Links. A iniciativa busca servir como plataforma para a colaboração entre cientistas das duas localidades, de modo a dar suporte internacional às pesquisas e estabelecer novos links que se desenvolvam a longo prazo entre os dois países.

 

Os workshops serão coordenados por pesquisadores seniores brasileiros, em conjunto com coordenadores do lado britânico, indicados na submissão da proposta. Para encontrar pesquisadores parceiros no Reino Unido, é possível cadastrar anúncios de cooperação por meio da plataforma Universities UK, disponibilizada em link específico para este tipo de ação. Aqui você encontra anúncios já cadastrados na plataforma e aqui você encontra o formulário para a disponibilização de interesse na cooperação.

 

Os dois coordenadores seniores (brasileiro e britânico) poderão indicar quatro outros pesquisadores líderes, dois de cada país, como mentores. Os demais participantes (12 a 17 de cada país) deverão estar em início de carreira. Participam desta chamada, por meio das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs), os estados de Alagoas (Fapeal), Distrito Federal (FAPDF), Espírito Santo (Fapes), Goiás (Fapeg), Maranhão (Fapema), Mato Grosso do Sul (Fundect), Minas Gerais (Fapemig), Pará (Fapespa), Paraíba (Fapesq), Paraná (Fundação Araucária), Pernambuco (Facepe), Piauí (Fapepi), Santa Catarina (Fapesc) e São Paulo (Fapesp).

 

A proposta deve trazer um benefício social para o Brasil, ou seja, demonstrar impacto direto ou indireto em populações vulneráveis ou de baixa renda. Os workshops devem abordar um dos seguintes temas: agricultura; clima e meio ambiente; energia renovável e energia limpa; educação; crescimento econômico inclusivo; saúde (doenças negligenciadas); água e saneamento; alimentação e nutrição; mudança demográfica/migração/urbanização; infraestrutura; desastres humanitários e emergências; governança, sociedade e conflito; coleta, análise de qualidade e acesso a dados relevantes aos índices de desenvolvimento; e zika vírus.

 

Os workshops deverão ser realizados até 31 de agosto de 2018. Cada workshop terá duração de três a cinco dias e será realizado em inglês. O valor disponível para o financiamento de cada workshop é de até 50 mil libras esterlinas. A Chamada Pública é realizada por meio da parceria entre o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), no conjunto de suas Fundações, e o British Council, por meio do Fundo Newton.

 

O edital (em inglês) e o formulário de inscrição para esta chamada estão disponíveis no site global do British Council (em inglês).

 

Acesse aqui a Chamada Pública Researcher Connect Confap/Fapesp – edital 2017-18.

 

Acesse aqui a página do Researcher Connect no site do British Council Brasil.

 

Acesse aqui o formulário online de inscrição.

 

Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail pelo e-mail Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. .

 

Fonte: Jornal da Ciência, 25/05/2017, com informações Confap

 
free poker
logo_rodape
Agência de Inovação da UFSCar - Rodovia Washington Luís, km 235 - Caixa Postal 147 CEP: 13565-905
São Carlos, SP - Brasil - Tel: (16) 3351.9040 - inovacao@ufscar.brmaps
mapa